Onlime - Comunicacao e Marketing Propaganda Ribeirao Preto
  • Onlime Instagram
  • Blog Onlime
  • Facebook Onlime
  • Youtube Onlime

O estas eleições podem ensinar para sua empresa?


Nem vou começar discorrendo sobre o quanto essas eleições foram atípicas sob todos os espectros e, não menos obstante sob o espectro da publicidade e da comunicação. A proposta aqui não é falar de política, mas entender a inegável eficiência do discurso que conquistar mais eleitores, ou consumidores, como preferir.

Adoraria dizer que estas eleições deixaram lições valiosas para o marketing, mas devo dizer que elas estão nas cartilhas há um bom tempo. Venceu quem melhor seguiu a cartilha.

Vamos a elas:

NÃO VENDA PRODUTOS VENDA IDEIAS A Apple deixou de lado comunicar qualquer aspecto técnico da sua marca ( Gigabytes, RAM, processador esse ou aquele... ) e convenceu seus " eleitores" a se rebelarem contra o status quo e autoassociou-se aos grandes gênios ( Think Different ), Jair Bolsonaro deixou de lado o discurso dos planos de governo ( tergiversava sempre que acuado ) e se ateve a seus conceitos e ideias ( sem juízo de mérito, mais uma vez ), incessantemente martelados por 4 anos. As pessoas não compram o que você vende, ela compra porquê você vende.

SEJA SIMPLES Quando você se vende, entendo, dá vontade de dizer tudo, afinal sua empresa é tão interessante. Lembra dos discursos do Meirelles? Pois é, nem eu. Não adianta ter uma verba absurdo e um discurso chato e rebuscado. Em tempos de maciça comunicação a simplicidade vai te diferenciar. " Design é tão simples, por isso é tão complicado”, disse uma vez o artista Paul Rand.

PENSE COM A CABEÇA DO CLIENTE Esta eleição foi ganha por que soube melhor traduzir o Zeitgeist. Ao contrário do PT que se ateve às suas pautas e plano de governo desgastados, JB jogou pra galera e disse o que estava engasgado na garganta da maioria. Você pode até dizer que se importa com seus clientes, mas será mesmo que você consegue se colocar no lugar do consumidor? Será mesmo que quer feedbacks? Pense nas redes Sociais como uma festa onde todos estão conversando. Você é o que entra na roda falando de você ou se intera do assunto? Você foi destronado e existe um novo rei na parada que sabe o que quer e tem um AdBlock nas mãos.

TENHA PERSONALIDADE Ninguém aguenta mais marca com discurso meia-bomba. Estamos saturados de informação e ás vezes um pouco de pimenta no discurso é bom. Desnecessário dizer que JB fez isso até demais. Reme um pouco contra a maré, se posicione, deixe as pessoas terem uma ideia do que sua empresa é, o que ela come, que roupas veste etc Tenha bandeiras claras e simples e não se desespere se não agradar a todos.Não existe má propaganda, existe propaganda.

ERRE Tempos atrás se cogitava ter faculdades ou cursos de Snapchat. Já imaginou o que você faria com todo esse conhecimento hoje? Nada. Vivemos numa era Beta, em eterna fase-teste. Saiba errar. Erre controlado, erre menor, e acima de tudo erre antes de todos. Se errar se desculpe imediatamente. Não assumir seus erros fez o PT perder muitos votos. Improviso, tentativa e erro. Learn by Doing.

NÃO SEJA CHATO Você pode falar o que quiser da campanha de JB, menos que foi entediante. A gente não tem tempo pra prestar atenção na sua empresa, as pessoas querem rir e se distrair. Entretenha que a boa imagem da sua marca vem logo a seguir.

QUALIDADE NÃO É MAIS PREMISSA Essas eleições foram ganhas sem tempo de TV e com o Motorola G6 de JB. Lembra das campanhas do Lula? Produção impecável. Aquele sol se pondo atrás de uma imensa plantação, aquele logotipo de Gestalt adorável? Como Diretor de Arte devo dizer que não vi nenhuma arte feita na campanha de JB que algum estagiário meu não pudesse ter feito. Não quer dizer que não precisamos ter qualidade, afinal é a imagem da nossa empresa,mas esta caiu de posição. Lembram do mp3? Quando surgiu ninguém botava fé, afinal ele é de uma qualidade risível se comparado a do CD, entretanto venceu a batalha quem era mais fácil de ser compartilhado. A velocidade precede a qualidade e muitas vezes já é o suficiente, o conceito de: " Good Enough Media".

EXPLORE OUTRAS MÍDIAS Imagino que sua empresa também não tenha tempo de tv, certo? Seja criativo no uso das mídias. Há 6 meses poucos preconizavam que o WhatsApp seria a principal mídia destas eleições. A TV iria virar o jogo. O Facebook iria determinar. O cardápio de mídias nunca foi tão vasto e barato. Bandeja de avião, mercado livre, market place, grupo de WhatsApp, tv de elevador, ações de rua, drone...em comunicação não existe mais bala de prata.

TRABALHE COM NICHOS JB soube trabalhar melhor seu discurso para cada nicho de mercado. Conseguiu cativar dos ruralistas aos evangélicos e aos empresários, direcionado o discurso. Nunca foi tão fácil posicionar. Os meios digitais não só posicionam como mensuram. Se sua empresa vende pra todo mundo ela não vende pra ninguém.

CONTEÚDO, CONTEÚDO E CONTEÚDO Invista tempo e dinheiro produzindo conteúdo. Lembra do tópico “não seja chato”? Então. Ninguém atura mais o seu " jabá". Mas as pessoas entretanto são curiosas, e adoram uma boa história. JB fazia vídeos na sacada da sua casa, no corredor, no congresso, tudo virava pauta...o importante é fazer. Não seja a empresa que faz pouco e fica botando defeito em quem está tentando. Conte sua história, mostre os bastidores, envolva o cliente na sua narrativa. Sua matéria-prima é a realidade e isso o mundo tem de sobra, então pegue uma câmera e vá pra rua. Seja produtor de conteúdo e seus clientes o ajudarão a espalhar e até trabalhar por você.

TRANSPAREÇA VERDADE Também não há o que se contestar no fato que JB passou a imagem de autenticidade. Espontaneidade e veracidade estão em voga. O cliente quer autenticidade. Seja cru e verdadeiro na sua comunicação. Se errar se desculpe, mas não tente enganar o consumidor.

TENHA UM DISCURSO DIRECIONADO Enquanto outros candidatos começaram o ano apresentando propostas de governo, JB já martelava seu discurso incessantemente há 4 anos. Saiba o que é sua empresa e repita sua mensagem incessantemente. Se você não tem um plano, você é parte do plano de alguém.

E como disse Darwin: "Não é o mais forte nem o mais inteligente que sobrevive mas sim o que se adapta mais rápido." ( fake news, não foi Darwin quem disse )

Daniel Goraieb, Sócio-fundador Onlime Comunicação


Posts recentes

FALE COM A GENTE

FIÚSA CENTER EMPRESARIAL

Av. Prof. João Fiúsa, 1901, sls 810/811

Jardim Botânico, Ribeirão Preto - SP

16 34435922

contato@onlime.com.br

  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Blogger Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn